Empreendedorismo

Abrir CNPJ em 5 passos simples

3 Mins leu

Hoje, a grande maioria dos empreendedores percebe a importância de abrir CNPJ para ter seu negócio formalizado e reconhecido no mercado.

No entanto, ainda há aqueles que não entendem sua necessidade ou a mudança de cenário em ter a própria empresa.

Afinal, estão bastante familiarizados com a condição de CLT e não assimilam todas as diferenças entre ser funcionário e gestor de uma empresa.

Por isso, preparamos este artigo com as principais informações, todas as etapas e algumas dicas eficientes para ambos aprenderem.

Leia também:
O que é necessário para abrir uma empresa?
Como registrar minha marca? Preços, vantagens e consulta

O que é e como abrir CNPJ?

Gestão Empresarial

Uma vez que gerar o CNPJ era um processo burocrático que demandava tempo, muitos administradores ainda trabalhavam de maneira irregular.

Por outro lado, hoje esse requisito é muito mais prático e rápido de se obter.

Resumidamente, o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica representa um número único que identifica a sua companhia, assim como o CPF.

Dessa forma, ele contém todos os dados corporativos para atendimentos, recursos jurídicos, futuras consultas e também possibilita acessar certas ferramentas:

  • Efetuar compras;
  • Emitir notas fiscais;
  • Enviar documentos importantes para sua contabilidade;
  • Facilitar a fase inicial dos negócios;
  • Fazer declarações;
  • Normalizar a empresa;
  • Regularizar-se em questões que envolvam bancos.

Além disso, este registro é necessário para várias obrigações legais e para a Receita Federal confirmar seus pagamentos de tributos.

Sem ele, seu estabelecimento atua ilegalmente e pode perder clientes.

Depois de entender sua relevância, acompanhe todas as etapas para gerar o seu.

Conheça o passo a passo de como abrir CNPJ

Em primeiro lugar, se sua marca for vendedora de produtos ou prestadora de serviços, você precisa abrir CNPJ para cadastrá-la.

E essa ação é muito mais simples do que parece.

Por isso, é interessante conhecer todas as exigências para começar o processo.

1 – Organize suas informações

Antes de tudo, você deve reunir certos papéis para dar início à abertura:

  • Atividades corporativas;
  • Capital social;
  • Documentos dos sócios ou responsáveis: RG, CPF ou CNH;
  • Endereço residencial dos sócios e comercial;
  • Estado civil e profissão;
  • Registros e dados da empresa: razão social e nome fantasia;
  • Telefone e e-mail;
  • Título de eleitor ou imposto de renda.

Aliás, os mesmos também valem para microempresas, isto é, as que faturam até R$ 360 mil por ano.

2 – Acesse o site da Junta Comercial

Separado o devido material para abrir CNPJ, procure este órgão referente ao seu estado.

No site, peça uma viabilidade de abertura de negócio, forneça as informações que serão solicitadas e acompanhe a análise.

Geralmente, a Junta Comercial do estado está interligada à prefeitura, o que torna toda a avaliação muito mais prática.

Isso porque, ela será feita por ambas as instituições ao mesmo tempo.

3 – Faça o pedido do CNPJ na Receita Federal

Neste portal, preencha o formulário “Documento Básico de Entrada do CNPJ”, o DBE, e o encaminhe para análise da entidade. Inclusive, fique atento à disponibilidade, pois a RF poderá estudar o arquivo na mesma data.

Depois da aprovação, volte à Junta Comercial e inclua o resultado à viabilidade de abertura, como um anexo.

Dessa forma, a taxa será gerada e estará disponível para pagamento imediato.

4 – Obtenha o certificado digital do CPF

Após cumprir todas as exigências para abrir CNPJ, retire o certificado digital do seu CPF.

Esta declaração é essencial para que você consiga assinar virtualmente a fundação do seu negócio.

No Brasil, hoje só é possível lançar uma marca por meio da internet. Ou seja, o reconhecimento de firma em cartório não é mais válido para esse procedimento específico.

Aguarde

Por fim, protocolados todos os documentos na Junta Comercial, espere pela liberação do órgão.

Em muitos estados e municípios, essa permissão demora poucos dias e, em alguns casos, ocorre imediatamente.

5 – Lance a sua marca sem sair de casa

Com rapidez, agilidade e segurança, mas sem burocracia, você consegue inaugurar sua instituição online, no seu próprio computador ou smartphone.

Isso porque microempreendedores e freelancers têm buscado esse serviço de maneira mais prática, sem tanta papelada ou demora na espera.

Por isso, certifique-se de contratar especialistas que ofereçam essa funcionalidade, o acesso à Receita Federal e demais órgãos e suporte completo.

Assim, você pode abrir CNPJ das categorias EI, Ltda. ou EIRELI com toda a confiança.

Fique por dentro das últimas novidades do marketing digital:

Postagens relacionadas
Empreendedorismo

Como abrir empresa online: Processo grátis pela internet

3 Mins leu
Em meio à pandemia, muitas pessoas começaram a apostar no negócio próprio. Por isso, hoje você já consegue abrir empresa online.
Empreendedorismo

Abrir uma empresa: 4 etapas indispensáveis

3 Mins leu
Investir e começar seu próprio negócio é um sonho. No entanto, há muitos cuidados necessários para abrir uma empresa com segurança!
Empreendedorismo

Coworking Médico: A Nova Tendência para Médicos e Terapeutas

3 Mins leu
Ter um consultório próprio é difícil. Por isso, alguns médicos começaram a investir em modelos colaborativos, como o coworking médico.
Inscreva-se e receba mais conteúdos incríveis
como esses direto em seu e-mail.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.