Branding

Como criar um nome empresarial para meu negócio?

5 Mins leu

Está tentando descobrir como criar um nome empresarial para seu novo negócio? Então, esse artigo vai te ajudar!

As pessoas são conhecidas pelos seus feitos, mas principalmente pelo seu nome. Assim também o é com as empresas, o nome é o que as identifica, é o que dá a direção e a faz conhecida.

Verdade é que em muitos casos, o nome do produto sobressai ao da marca, mas ainda assim é a marca  quem sai fortalecida no final.

Nome empresarial e razão social

Entretanto, quem pretende empreender, precisa entender quais são as diferenças básicas entre os dois.

Razão Social

Primeiramente, a Razão Social é o nome de registro da sua empresa na junta comercial . É o Nome Comercial ou Firma, dado à pessoa jurídica.

Resumindo, é o nome que será inserido no contrato social da empresa e demais documentos empresariais.

Então, para abrir ou legalizar sua empresa será preciso contratar uma empresa de Contabilidade ou um Contador.

Nome Fantasia

Em segundo lugar, o Nome Fantasia é o Nome da Marca Empresarial, o nome usado na divulgação da empresa e que pode ou não ser igual ao da Razão Social.

Em Geral, é o nome empresarial é usado nas estratégias de marketing e vendas e serve para conquistar maior resultado e aproveitamento de uma Marca.

Funções do nome empresarial

O nome empresarial tem duas principais funções relevantes.

A primeira função, tem como objetivo identificar o empreendimento, as suas atividades ou segmento de negócio.

A segunda função, é ser um instrumento de agregação da reputação ou fama, tanto da sociedade empresária, como do empresário.

Desta forma, a escolha do nome empresarial pode ser um diferencial para o negócio, ajudando divulgar e alavancar as vendas.

7 dicas de como criar um nome empresarial

A criação do nome empresarial não é o que fica no papel, é a forma pela qual a sua empresa será conhecida.

Então, seguem 7 dicas que podem lhe ajudar na escolha ao criar um nome empresarial.

1 – Defina a visão de sua empresa

Antes mesmo de pensar no nome, é preciso definir qual será a visão da sua empresa.

E não estou falando apenas em criar uma frase de efeito para colocar em seu site.

Digamos que você queira abrir um negócio de de entrega de gás de cozinha por aplicativo, ou um negócio de vendas de tintas baseadas em água, não poluente e atóxica, sem ter a necessidade de uso de solventes para diluí-las, que são boas para o meio ambiente, ou uma loja de roupas online.

Independente de qual seja seu tipo de negócio, ao criar um nome empresarial, você precisará saber o que ela vai entregar de valor aos seus consumidores.

A visão de uma empresa é: Saber exatamente como sua proposta de valor (entregues através de produtos ou serviços), pretende melhorar a vida das pessoas hoje e também no futuro.

2 – Facilite a lembrança da sua marca

Ao criar um nome empresarial, o uso de palavras curtas facilita na memorização e principalmente facilita na hora de falar.

Palavras curtas são mais fácies de falar quando o nome escolhido não é complicado. Isso ajuda na propagação da marca.

Além disso, crie um nome com siglas baseado em uma frase é uma boa pedida, por exemplo NASA.

3 – Seja ousado na criação do nome

Apenas saber como criar um nome empresarial não é suficiente. Ou seja, é preciso ser criativo para sair do lugar comum.

Há mais de 18 milhões de empresas registradas no Brasil, e percebe-se, um certo comodismo e mesmice na criação de um nome empresarial. Mas, é possível ousar e fazer algo diferente.

  • Você pode incrementar o nome da sua empresa de forma a identificar por nichos de mercado. Isto gera uma associação positiva.
  • Pode ser por segmento, como a iFood que é um aplicativo de pedir comida delivery.
  • Outra forma, é criando um negócio regional, como a Pousada Montes Claros, que o próprio nome já do que se trata: uma pousada em Montes Claro, Minas Gerais.
  • Por público-alvo, como a Casa do Bebê, uma loja com produtos para bebê.
  • Por produto, como a Casa das Meias São Jorge, loja de meias e peças íntimas.
  • E por inovação, onde o nome da empresa está associada a algo novo no mercado.

4 – Faça um Brainstorming

Em resumo, esta palavra americana nada mais é do que uma “tempestade de ideias”. Não descarte nenhuma ideia.

Ou seja, permita uma enxurrada de possibilidades e guarde-as para ir escolhendo as melhores até que sobre apenas uma. Não há ideia ruim ou errada.

Outra coisa, anote todas as ideias e depois debata sobre elas. Seja leve nesta etapa, divirta-se, afinal você está criando o nome da sua empresa, além disso, diversão e leveza são essenciais para liberar a criatividade.

5 – Busque conhecimento e pesquise muito

Depois, de posse da “tempestade de ideias” pesquise sobre as possibilidades mais viáveis.

Conheça os seus concorrentes diretos e indiretos, descubra como eles atuam no mercado e como se comunicam. Entenda suas ações no mercado, quais cores utilizam e se há algum nome semelhante dentre os nomes finalistas.

Pesquise sobre o seu público alvo, quais são os seus hábitos de compra, seus hobbies e como costumam se comunicar e se for necessário se alinhe a eles.

Outro detalhe importante é conversar com este público, ou seja, veja se eles entendem o que o nome da sua empresa quer dizer ou se leva a entender o que a sua empresa realmente faz.

6 – Descubra se o nome pretendido já existe

Ao criar um nome empresarial, antes de decidir, é preciso pesquisar se a marca que está criando já existe e se já está registrada no INPI .

O INPI, (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual), é o órgão que regula no Brasil o registro de marcas e patentes.

Essa pesquisa poderá evitar gastos e transtornos desnecessários, já que a principal finalidade do registro de marcas é a de garantir quanto ao uso exclusivo da marca e proteger seu negócio da concorrência desleal e atos de má fé realizados por terceiros.

Saiba mais nesse artigo: Registo de marcas: tudo que você precisa saber.

7 – Crie e registre sua marca

Criei o nome,  e agora?

Então, agora que descobriu como criar um nome empresarial e colocar em prática, vem a parte mais importante: Faça seu Registro de Marcas.

Para esclarecer melhor como funciona esse serviço, se você estiver em Guarulhos – SP, recomendamos essa empresa!

Conclusão: Como criar um nome empresarial para meu negócio?

Depois, tendo verificado que não existe o mesmo nome registrado na receita federal ou na junta comercial do seu estado, a sua empresa só estará segura se tiver um registro oficial no INPI.

Somente assim, a sua empresa estará amparada juridicamente contra cópias e plágios.

Com isso fica mais do que evidente a necessidade da elaboração estratégica na criação de um nome empresarial e posteriormente do seu registro no INPI.

MONTE SEU PLANO DE NEGÓCIOS NO CANVAS

Baixe gratuitamente nossa ferramenta de Plano de Negócios

 

 

Postagens relacionadas
Branding

O que é Branding? Conheça de Uma Vez Por Todas Essa Estratégia!

3 Mins leu
Branding é uma estratégia incrível que pode trazer grandes benefícios para as organizações. Saiba mais!
Branding

Design de logo profissional: 3 motivos para investir nisso

3 Mins leu
Saiba como o design de logo profissional ajuda a encontrar seu público. Leia e confira!
Branding

Como criar uma marca do zero: 12 dicas imperdíveis

5 Mins leu
Quem resolve criar uma marca do zero precisa competir com grandes nomes que já têm um público fiel no mercado. Por isso,…
Inscreva-se e receba mais conteúdos incríveis
como esses direto em seu e-mail.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *